Notícias
Home Espécies Rio Tietê terá vida aquática em 2015, diz governo

Rio Tietê terá vida aquática em 2015, diz governo

Rio Tietê terá vida aquática em 2015, diz governo
2.8 (55%) 4 votos

Rio Tietê terá vida aquática em 2015, diz governo sobre despoluição

O governo de SP disse que o rio Tietê não terá mais cheiro ruim e poderá ter até peixes em 2015 em toda a região metropolitana, em razão do trabalho de despoluição que está sendo feito. O Projeto Tietê, iniciado em 1992, está na terceira fase e consiste em ampliar o tratamento e a coleta de esgoto. Segundo o governo, ao final dessa etapa, haverá “alguma vida aquática” entre Suzano e Pirapora do Bom Jesus, no trecho que corta a capital e onde não há oxigênio. De acordo com Dilma Pena, presidente da Sabesp, estatal que gerencia o projeto, será possível ver no Tietê “peixes mais resistentes“.

Malu Ribeiro, coordenadora da Rede de Águas da Fundação SOS Mata Atlântica, discorda. Para ela, o único peixe que pode sobreviver no trecho do Tietê na capital é o Caborja, espécie que não depende do oxigênio da água para viver – ele põe a cabeça fora do rio para respirar.

Rio Tietê terá vida aquática em 2015, diz governoFoto: Folha Press

Outros tipos de peixe que chegarem a essa parte do Tietê inevitavelmente morrerão, afirma a ambientalista. A SOS Mata Atlântica é uma das idealizadoras do Projeto Tietê. Para tirar o mau cheiro do Tietê, o governo de SP quer ampliar o nível de oxigênio do rio, combatendo o despejo de lixo e sujeira.

Caborja - Vinicius BarbosaPeixe Caborja / Foto: Vinicius Barbosa

Em 2015, o índice de coleta de esgoto na Grande São Paulo deverá subir dos atuais 84% para 87% e o de tratamento, de 70% para 84%, segundo a Sabesp, que atua em 32 das 38 cidades da região. Até 2020, o Estado planeja levar a 100% o tratamento e a coleta de esgoto nestes municípios. O cronograma original era concluir a universalização até 2018. Segundo a Sabesp, o prazo foi estendido para 2020 pela necessidade de contrair financiamentos e firmar contratos com órgãos internacionais.

A universalização está prevista na quarta fase do projeto Tietê, depois de 2015. Ontem, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) disse que, ao concluir o atual mandato, em 2014, deixará contratos de financiamento encaminhados para permitir a execução nos anos seguintes. A terceira fase do Projeto Tietê custou US$ 1,8 bilhão, diz.

Panamby

Alckmin vistoriou ontem as obras de uma rede que ligará o esgoto de 80 mil moradores, entre os quais o do condomínio de luxo Panamby, além do Real Parque e Vila Andrade (zona oeste), a uma estação de tratamento em Barueri. A conclusão será no primeiro semestre de 2013, segundo o governo.

 Colabore conosco ou ajude a aperfeiçoar esse material. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Fonte: Folha de São Paulo

Sintam-se à vontade para corrigir, complementar e compartilhar a sua experiência conosco. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Faça parte deste time, colabore conosco!

Sobre AquaA3

Somos um site de aquarismo feito por pessoas que respiram quase que sempre debaixo d’água. Dulcícola ou marinho, nano ou jumbo, plantado ou apenas peixes. Parceria, união e o verbo somar. É assim que fazemos aquarismo. Faça parte deste time!

Veja também

Morre especialista em peixes tropicais, Dr. Herbert Richard Axelrod.

Morre especialista em peixes tropicais, Dr. Herbert Richard Axelrod.5 (100%) 2 votos Faleceu no dia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *