O gênero Anubias é um dos mais populares no aquarismo, a facilidade para mantê-la é o atrativo principal.

Sobre o gênero Anubias

Arte do Botânico austríaco Heinrich Wilhelm Schott Anubias
Botânico austríaco Heinrich Wilhelm Schott Anubias

Anubias é um gênero de plantas aquáticas anfíbias pertencentes a família Araceae, originárias das parte ocidental e central da África. O gênero surgiu em 1857, determinado por Heinrich Wilhelm Schott, onde ele descreveu a primeira espécie, Anubias afzelii. Após quase 100 anos explorando a flora africana, foram descritas muitas espécies, que com a ajuda da biologia molecular, são reconhecidas hoje 8 espécies e 5 variações:

Variedades e espécies de anubias

Variedades e espécies do gênero Anubias
Arte das variedades e espécies do gênero Anubias
Espécies de AnubiasVariedades de Anubias
Anubias afzelii
Anubias barteriAnubias barteri var. angustifolia
Anubias barteri var. barteri
Anubias barteri var. caladiifolia
Anubias barteri var. glabra
Anubias barteri var. nana
Anubias gigantea
Anubias gilletii
Anubias gracilis
Anubias hastifolia
Anubias heterophylla
Anubias pynaertii
Ajude essa tabela comentando com mais variedades disponíveis.

Ficha técnica do gênero Anubias

Ficha técnica do gênero Anubias
Informações básicas do gênero Anubias
FamíliaAraceae
GêneroAnubias
EspéciesAnubias afzelii, Anubias barteri, Anubias gigantea, Anubias gilletii, Anubias gracilis, Anubias hastifolia, Anubias heterophylla, Anubias pynaertii
OrigemÁfrica
HábitoAquática emergente
TamanhoDiversos tamanhos
IluminaçãoBaixa
SubstratoNão exigente
Injeção CO2Não exigente
pH6 a 9
Temperatura 20 a 30 ºC
ManutençãoFácil
CrescimentoLento
PropagaçãoCorte do rizoma com folhas e raízes
PlantioIndividual, fixado em troncos ou pedras (não enterrar o rizoma)
PosicionamentoEm qualquer local
Download: Infográfico Guia completo Anubias

Origem do nome ou etimologia

Arte do Deus egípcio Anúbis com um aquário vitorian
Arte do Deus egípcio Anúbis com um aquário vitoriano

O gênero recebeu o nome do Deus egípcio Anúbis, Deus da Morte, por crescer geralmente em locais sombreados.

Anúbia ou Anubias?

A palavra “Anúbia” é bastante difundida, tornando-se nome popular, bem comum essa grafia em diversos sites, redes sociais e grupos de discussão. A espécie vem do gênero Anubias, sendo assim a forma correta de escrever o nome científico.

Aparência das Anubias

Anubias barteri var. nana 'Pinto'
Anubias barteri var. nana ‘Pinto’

Elas são caracterizadas por folhas largas, com uma tonalidade de verde mais escuro, grossas e formas diferentes. Possui um rizoma aparente, que é um tipo de caule que cresce rastejante, horizontalmente. Produzem flores que são essenciais para a determinação da espécie.

Tamanho

Folha de Anubias emersa
Folha de Anubias emersa

As maiores das espécies podem chegar a alcançar mais de 80cm com o caule e folhas com 40cm.

Floração das Anubias no aquário

Infelizmente essa informação não é precisa. Ocorre ocasionalmente na condição submersa, o que é raro para a maioria das plantas submersas, porém não há relatos que essas plantas sejam polinizadas e ocorra a produção de sementes. Se isso não ocorre, então a reprodução sexuada não é efetiva, o que leva a crer que outros fatores induziram essa floração.

Anubias na natureza

Na natureza elas são encontradas com suas raízes crescendo em torno de rochas, madeiras ou na areia mais fina, de riacho e rios africanos, onde se desenvolvem emersa, e por alguns períodos, na forma submersa.

Anubias no aquarismo

Popular no aquarismo por serem de fácil manutenção, foram criadas em laboratório, com o avanço da biotecnologia, espécies bem expressivas de Anubias, com folhas diferenciadas e contrastantes, denominadas cultivares, exemplo: ‘Coffeefolia’, ‘Petit’, ‘Golden’.

Anubias com o cascudo do gênero Ancistrus
Anubias com o cascudo do gênero Ancistrus

O principal atrativo em espécies desse gênero é o crescimento lento, necessidade de pouca iluminação, tolerância a herbivoria e baixa manutenção.

A origem das Anubias no Aquarismo

Origem das Anubias no Aquarismo
Em 1973 a Tropica apresentou a Anubias barteri var. nana como primeira planta de aquário no mercado internacional.

Holger Windelov, fundador da Tropica, empresa dinamarquesa pioneira no cultivo de plantas aquáticas, conta que em 1973 comprou uma pequena muda de Anubias var. “nana”. Ele diz que a planta custou uma quantidade considerável de dinheiro para a época e quando ele percebeu que o seu crescimento era muito lento se perguntou como poderia comercializá-la. Assim ele entrou em contato com uma empresa de cultura de tecido vegetal, uma técnica de propagação de plantas por clonagem, assim revolucionando a forma como eles multiplicavam as plantas.

O uso de Anubias no paludário

O uso de Anubias no paludário
Anubias no paludário

Devem ficar próximas ao nível da água, sendo bem vindo um sistema de gotejamento, irrigação ou próximo ao curso da água (caso tenha cascatas). Os rizomas devem estar sempre úmidos (acima de 70%) para garantir que a planta se mantenha frescas e vistosas.

Mantendo a umidade do paludário

Paludários tampados tem melhor controle de umidade, podendo servir para elevar a umidade, mas evite a falta total de circulação de ar devido o surgimento de bolor ou mofo. A adição de umidificador de ar é bem interessante auxiliando na saúde das Anubias, basta fazer as devidas adaptações do aparelho.

Aonde comprar Anubias?

Aonde comprar Anubias

As Anubias podem ser compradas em lojas físicas ou virtuais de aquarismo. São muito populares e facilmente encontradas. Como é uma planta Africana, não encontramos essa espécie na natureza no Brasil.

  • Comprando na internet: basta procurar por “anubias compra” no seu buscador e vai aparecer algumas ofertas. Uma outra dica seria o uso do Mercado Livre, caso queira melhores preços, basta usar os filtros do tipo “Menor preço” e “localização”.
  • Comprando fisicamente: caso você não conheça as lojas da sua região, basta pesquisar “lojas de aquarismo” e citar a sua cidade ou até o bairro. Depois de encontrar a loja é só até ir lá comprar.

Quanto custa uma Anubias?

Depende muito da variedade ou espécie que busca, na última busca que eu fiz (2020), foi possível encontrar mudas a partir de R$ 5,70 (Anubias barteri var. glabra) e Anubias barteri var. nana a partir de R$5,95.

Não leve esses valores como padrão geral, cada fornecedor tem seu próprio estilo de venda e de produção, podendo ser in vitro, muda pequena, planta grande e isso pode fazer com o que o valor mude.

Comprando Anubias Barteri: o que observar?

Comprando Anubias o que observar
4 características de problemas em Anubias

Quando for comprar uma Anubias, observe os seguintes detalhes:

  • Rizoma com presença de raízes;
  • Rizoma sem nenhum dano visível;
  • Pelo menos 3 folhas por muda;
  • Sem folhas amarelas, marrons ou desbotadas;
  • Folhas com um verde mais escuro brilhante (lembra a cor do abacate);
  • Livre de algas.

Aquário ideal para Anubias

As Anubias toleram uma amplitude grande de parâmetros física/química da água, ou seja, conseguem viver bem em aquários com temperatura entre 20ºC a 30ºC e uma faixa de pH entre 6 a 9, onde temos uma gama de possibilidades de biótopos para escolher, principalmente com troncos e raízes. O crescimento tem melhor desempenho em água ligeiramente ácida e é um excelente opção para aquários com peixes herbívoros.

Preferem um substrato aerado, mais macio, de granulometria fina. Por não necessitar de uma iluminação forte, pode ser usada em regiões de sombra dentro do aquário, luz muito forte pode acarretar deformidade nas folhas.

A injeção de CO2 e fertilização podem promover um crescimento melhor da espécie, principalmente adição de potássio ou aqueles especialmente produzidos para plantas “low”, mas não é uma regra para Anubias.

A filtragem deve ser adequada a fauna do seu aquário, não havendo nada especifico para as Anubias. Se tiver espécies de peixes ou invertebrados que necessitam de locais para “fuga”, as folhas das Anubias proporcionam esses habitats.

Manutenção e cuidados básicos

A manutenção das Anubias em aquário é relativamente fácil. Inclui remoção das folhas amareladas, remoção manual de algas das folhas usando escovinha, poda do rizoma, troca parcial de água e fertilização. Água muito rica em nutrientes pode acarretar o surgimento de buracos nas folhas.

Como é a reprodução das Anubias?

Duas formas de reprodução de Anubias
Duas formas de reprodução de Anubias

Elas reproduzem de duas formas:

Sexuadamente: onde florescem e produzem sementes. Esse gênero é capaz de produzir flores submersas, mas os relatos da reprodução por sementes nessa condição ainda é muito superficial.

Assexuadamente: por corte do rizoma. Para fazer mudas é necessário que a espécie tenha raízes visíveis e pelo menos 3 folhas, para garantir a sobrevivência do indivíduo.

Como reproduzir Anubias?

Para obtenção de mudas de Anubias em pequena escala, basta fazer o corte do rizoma com raiz, contendo pelo menos 3 folhas saudáveis. O corte do rizoma pode ser realizado com o auxílio de uma tesoura.

Anubias in vitro
Anubias in vitro

Em larga escala, as técnicas são diferentes. Por se tratar de espécimes de metabolismo baixo e crescimento lento, as empresas que cultivam fazem a cultura dos tecidos vegetais, e depois, elas são mantidas em uma estufa aclimatada para seu crescimento.

Como plantar Anubias

Como plantar Anubias
Como plantar Anubias

Para plantar Anubias em troncos, raízes ou pedras, basta amarrá-las no local onde elas crescerão. Para fazer isso, basta usar uma linha de algodão e ir transpassando pelo rizoma sem esmagá-lo.

Fixada tronco

Anubias em tronco
Anubias em tronco

Plantada em pedra ou cerâmica

Amarrada em linha

Plantada no substrato

Plantada emersa


Com o passar do tempo, a planta se fixará e a linha vai se desintegrando. Caso queira plantar no substrato, o mais importante é NÃO ENTERRAR O RIZOMA, isso pode acarretar a morte da planta. O rizoma deve permanecer exposto e aerado.

Para plantar de forma emersa, basta consultar o nosso artigo sobre este assunto: Passo a passo: Cultivo de plantas emersas para o aquário.

As Anubias mais populares

  • Anubias barteri var. Coffeefolia
  • Anubias barteri var. barteri
  • Anubias barteri var. nana
  • Anubias barteri var. Petit
  • Anubias barteri var. Golden
  • Anubias minima…

É muito difícil definir quais são as mais populares, pois o modismo faz com que novas plantas entrem no mercado e outras sejam pouco populares. Qual ficou faltando em nossa lista?

Conclusão

As espécies do gênero Anubias são uma excelente escolha, tanto para aquaristas iniciantes quanto para os mais experientes. A forma e as cores das folhas dão um toque especial ao layout, proporcionando contrastes singulares ao aquário.

Nota

Este é a primeira parte de uma série de conteúdos sobre o gênero Anubias, iremos abordar desde o teórico até o prático. Caso sinta falta de alguma informação, comente que será útil para novas atualizações.

Além da principal autora Juliana Leroy, este conteúdo teve as participações de: André Albuquerque, Chantal Wagner e Hyoxu An. Agradecemos também a todos que enviaram imagens autorais para nós.

Referências

  • Schott, H. (1857). “Aroideen Skizzen”. Österreichisches Botanisches Wochenblatt (in German and Latin). 7 (50): 398–399.
  • Crusio, W. (1979). A revision of anubias Schott (Araceae) (No. 79-14). .
  • Notare, M. (1992). “Plantas hidrófilas e seu cultivo em aquário. Sulamérica”, Rio de Janeiro.
  • Zagnitko, E. (2002). “Anubias Plants For Beginners And Hobbyists“, disponível em: Toptropicals.
  • 50 Years of Aquarium Plants and Aquascaping“, disponível em: Youtube.

Deixe um comentário