Cobitis brachysoma e C. oxycephala, do gênero Cobitis são encontradas na china!

Botias são bem famosas no meio do aquarismo. São animais pacíficos e bem dóceis, de hábitos noturnos e habitando o fundo do aquário. Curiosas e simpáticas fazem sucesso com os aquaristas.

No sul da china, nas províncias de Guangdong e Hainan, foram encontradas duas novas espécies de botias, Cobitis brachysoma e Cobitis oxycephala, ambas parentes próximas do Verdemã (Dojô pintado, não confundir com o Dojô comum). Habitam águas mais calmas onde frequentam fundos de areia ou rochosos em cardumes. Durante o dia permanecem enterradas e de noite saem abocanhando porções de areia em busca de material orgânico e pequenos animais para se alimentar. Possuem também a habilidade de acumular ar em seu intestino para respirar em águas com níveis baixos de oxigênio.

Cobitis Brachysoma e orgãos específicos

8,9 Holótipo de Cobitis brachysoma. 10 Lamina circularis do peitoral masculino. 11 Mandíbula. 12 Espinha suborbital. 13 Escamas subdorsais.

Ambas espécies podem ser diferenciadas de outras espécies de seu subgênero pelo padrões de cor e manchas, formato e fisionomia da cabeça, nadadeiras e escamas.

Mais informações: http://www.zootax.com.cn/EN/10.11865/zs.201814, por Yongxia Chen, Xiaoyun Sui, Na Liang e Yifeng Chen.

Deixe um comentário