Pseudoliparis swirei é uma espécie de peixe encontrado em grande profundidade na Fossa das Marianas.

Tem cerca de 30cm de comprimento e seu corpo é tão translúcido que podemos observar seus órgãos vitais. É o peixe de maior profundidade já capturado!

Os cientistas documentaram o Pseudoliparis swirei, um estranho peixe-caracol (snailfish, da família Liparidae) capturado a 7.966 metros na Fossa das Marianas. A nova espécie foi capturada pela primeira vez em 2014 e novamente no início de 2017 na região oceânica mais obscura conhecida como zona Hadal, que fica abaixo da zona abissal, mas só agora está sendo descrita e catalogada.

Pseudoliparis swirei

Pseudoliparis swirei

No entanto, mesmo que a parte mais profunda do oceano se estenda a quase 11 mil metros, os cientistas suspeitam que eles provavelmente não encontrarão um peixe que viva muito mais profundamente do que isso. Isso porque a pressão em profundidade é tão grande que um peixe pode ser quimicamente incapaz de tolerar seus efeitos desestabilizadores a mais de 8.200 metros. Enquanto uma série de animais como camarões, pepinos do mar e micro-organismos pode prosperar em águas profundas, nenhum peixe foi capturado tão profundamente.

“Existem muitas limitações para a vida nessas trincheiras”, diz Mackenzie Gerringer, um colega de pós-graduação do laboratório de estudos marinhos da Universidade de Washington (Friday Harbor Laboratories). Considera-se que os peixes-caracol são capazes de lidar com pressões iguais ao peso de 1.600 elefantes. “Eles desenvolveram adaptações para manter suas enzimas funcionando e as membranas se movendo nessa pressão”.

A espécie certamente é endêmica da trincheira e parece ser abundante – os cientistas viram vários espécimes com o auxílio de câmeras carregadas por veículos de mergulho em 2014.

Veja mais detalhes em inglês: “New Fish Species Lives 5 Miles Underwater—a Record

Deixe um comentário