Duas novas espécies de lambari, Astyanax lorien e A. rupestris, foram descritas na chapada da diamantina

As espécies Astyanax lorien e A. rupestris foram encontradas em afluentes da bacia do rio paraguaçu, na chapada da diamantina, Bahia. Pertencem ao gênero Astyanax, os populares lambaris, indispensáveis na pesca e considerados uma iguaria por muitos.

Astyanax lorien e Astyanax rupestris

(A) Holótipos e (B) Espécimes vivos de Astyanax lorien e Astyanax rupestris

Ambas as espécies são similares aos tradicionais lambaris, comuns em lagos, rios e represas de todo o país. Possuem corpo prateado e medem no máximo 10 a 15 centímetros. São peixes onívoros que se alimentam de frutos, sementes, detritos, insetos e crustáceos.

Mais informações: http://dx.doi.org/10.11646/zootaxa.4438.3.3 por Angela M. Zanata, Rafael Burger, Priscila Camelier.

Deixe um comentário