Notícias
Home Dulcícola Satanoperca curupira é o novo ciclídeo brasileiro

Satanoperca curupira é o novo ciclídeo brasileiro

Satanoperca curupira é o novo ciclídeo brasileiro
5 (100%) 2 votos

Satanoperca curupira, um novo ciclídeo brasileiro nativo da bacia do rio Madeira. (Teleostei: Cichlidae)

Satanoperca curupira, uma nova espécie, foi descoberta na bacia do rio Madeira, no estado de Rondônia. O curioso gênero Satanoperca significa “peixe do demônio”, já que deriva do grego Satan (demônio) e perca (peixe),  já o Curupira vem do popular mito folclórico de mesmo nome.

Satanoperca curupira
Satanoperca curupira (© U. Werner)

Satanoperca curupira

O novo ciclídeo brasileiro pertence ao gênero satanoperca, cujas espécies possuem como adaptação um nariz longo e boca protáctil, sendo conhecidos popularmente como “Papa-Terra” pelo comportamento de vasculhar o fundo atrás de pequenos seres vivos, crustáceos e outros alimentos vegetais.

O Satanoperca curupira pode ser distinguido de seus co-gêneros pela seguinte combinação de características: 3–7 listras verticais na região lateral (seus parentes possuem menos listras, mais bem definidas ou então não as possui) e um padrão irregular de listras escuras em volta da boca e perto dos olhos.

Mapa de distribuição do S. curupira (círculos vermelhos) e do Satanoperca jurupari (círculos amarelos) na bacia do rio Madeira.
Mapa de distribuição do S. curupira (círculos vermelhos) e do Satanoperca jurupari (círculos amarelos) na bacia do rio Madeira.

De acordo com a merística e padrões de cor, a nova espécie é considerada parente próxima da espécie Satanoperca jurupari, a qual divide habitat. A área geográfica restrita da nova espécie é coincidente com outras espécies do mesmo gênero.

Por fim, mais um belo espécime do gênero dos ciclídeos “Papa-Terra”, gênero comumente encontrado no hobby, de cores bonitas e  simpático comportamento de encher a boca de areia atrás de alimento.

Mais informações (DOI 10.11646/zootaxa.4379.1.6 ou no link)– Por Renata R. Ota, Sven O. Kullander, Gabriel C. Deprá, Weferson J. Da Graça e Carla S. Pavanelli.

Sintam-se à vontade para corrigir, complementar e compartilhar a sua experiência conosco. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Faça parte deste time, colabore conosco!

Sobre Júlio Flórido

Estudante de Engenharia Química, apaixonado por aquarismo e aquapaisagismo. Entusiasta do FVM, possui uma estufa para produção de mudas, um aquário cubo de camarões autociclante e um plantado.

Veja também

Morre o conhecido criador de Acará-disco Jack Wattley

Morre o conhecido criador de Acará-disco Jack WattleyVote neste artigo O notório criador de Acarás-disco …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *