Notícias
Home Dulcícola Experimento mostra que o peixe pode reconhecer rostos humanos

Experimento mostra que o peixe pode reconhecer rostos humanos

Experimento mostra que o peixe pode reconhecer rostos humanos
5 (100%) 2 votos

Nós não acostumamos em pensar em peixes como sendo particularmente animais inteligentes, mas uma nova experiência revela que pelo menos uma espécie de peixe tropical é capaz de distinguir rostos humanos. Os cientistas nunca viram peixes fazerem isso antes, e está mudando a nossa compreensão dessas criaturas e como o cérebro funciona.

Um novo estudo publicado em relatórios científicos mostram que peixe-arqueiro (Toxotes chatareus) são capazes de aprender e reconhecer rostos humanos com um alto grau de precisão. Essa façanha revela que esta tarefa complexa não implica necessariamente um cérebro complexo com um neocórtex sofisticado, uma parte altamente evoluída do cérebro responsável pela visão e audição em mamíferos.

Experimento mostra que o peixe pode reconhecer rostos humanos

Peixe, que ao que parece, são mais inteligentes e mais “consciente” de seu ambiente do que podemos imaginar. A ideia de que os peixes não sentem dor, por exemplo, está gradualmente caindo em desuso. E, recentemente, descobriu-se que a arraia Manta, que são um tipo de peixe, são capazes de passar no teste do espelho, que é considerado uma importante medida de auto-consciência.

Existe a hipótese de que esta tarefa é tão difícil que só pode ser realizado por primatas, que têm um cérebro grande e complexo“, disse o pesquisador Cait Newport da Universidade de Oxford em um comunicado de imprensa. “O fato de que o cérebro humano tem uma região especializada usado para reconhecer rostos humanos sugere que pode haver algo especial sobre enfrenta a si mesmos.

Para testar essa ideia, Newport e sua equipe procuraram determinar se outro animal com um cérebro mais simples reconheceria rostos humanos. O estudo resultante mostra que o peixe, apesar da falta do córtex visual sofisticado de primatas, são capazes de distinguir um rosto de uma amostra de 44 novos rostos. Em uma palavra, isso é incrível.

O estudo você encontra no link “Discrimination of human faces by archerfish (Toxotes chatareus)

Sintam-se à vontade para corrigir, complementar e compartilhar a sua experiência conosco. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Faça parte deste time, colabore conosco!

Sobre AquaA3

Somos um site de aquarismo feito por pessoas que respiram quase que sempre debaixo d’água. Dulcícola ou marinho, nano ou jumbo, plantado ou apenas peixes. Parceria, união e o verbo somar. É assim que fazemos aquarismo. Faça parte deste time!

Veja também

Guppies: entenda as diferenças comercializadas

Guppies: entenda as diferenças comercializadas5 (100%) 2 votos Conheça as três principais diferenças dos guppies …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *