Notícias
Home Artigos Bactérias: A importância do controle de temperatura no Aquário



Bactérias: A importância do controle de temperatura no Aquário

É mais que sabido que é importante manter a temperatura no aquário estável, os peixes e outros seres vivos não toleram uma variação de muito grande. Quando existe uma variação muito rápida os corais fecham, os peixes estressam, mas no outro dia a temperatura volta ao que era antes, os peixes voltam ao normal, os corais abrem e você pensa que está tudo bem. Não está tudo bem! A verdadeira ameaça é invisível aos olhos e quase sempre passa por despercebida: as bactérias.

A importância do controle de temperatura no Aquário em relação as bactérias.

A importância do controle de temperatura no Aquário em relação as bactérias.

Existem centenas de milhares de tipos de bactérias nos aquários, cada uma com suas diferenças e semelhanças. A semelhança mais comum é a taxa de reprodução alta com um pequeno aumento da temperatura. Quando a temperatura no aquário sobe cerca 3ºC a taxa de reprodução das bactérias aumenta muito e há um aumento populacional das bactérias. Quando a temperatura volta ao normal, o metabolismo das bactérias também volto ao normal, porém as bactérias adicionais devidos ao aumento de temperatura não morrem, elas continuam no aquário. Nem mesmo se esfriar muito o aquário elas vão morrer, elas vão apenas diminuir o metabolismo. É como funciona no frio, irá reduz muito a taxa de reprodução das bactérias.

Curvas de desenvolvimento bacteriano a várias temperaturas
Imagem de um gráfico que mostra exatamente a relação da temperatura com o crescimento bacteriano. Quem se interessar pode pesquisar sobre curva de crescimento bacteriano e fatos intrínsecos e extrínsecos de crescimento bacteriano (até pH entra no meio). (Créditos: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa)

Depois de vários aumentos e reduções de temperatura, a população de bactérias vai atingir o seu limite máximo do aquário é aí que mora o grande problema. As bactérias vão consumir oxigênio em grande quantidade o que vai causar a morte de outros organismos e isso significa matéria orgânica em decomposição, o que torna a água mais tóxica podendo levar uma reação em cadeia irreversível ocasionando a morte de todo o aquário. Isso é conhecido como “síndrome do aquário tóxico”.

Gasterosteus aculeatus em decomposição
Gasterosteus aculeatus em decomposição (créditos: Eric Walravens)

Se morrer uma pequena anêmona, que o aquarista nem sabia que existia, ela vai se decompor, criar um foco e matar os organismos vizinhos. Em questão de horas irá propagar por todo o aquário. Se morrer um ophiuroidea é a mesma coisa. Mesmo que o aquário seja bem oxigenado (agitado), a temperatura alta irá diminuir a capacidade de dissolução de Oxigênio (relação temperatura / Oxigênio dissolvido).

Muita gente não sabe, mas a bactéria em si pode não ser maléfica, mas alguma substância que ela libera é nociva à saúde dos animais, como é o caso da difteria, a bactéria em si não prejudica a saúde, mas a toxina que ela produz sim. O mesmo vale para micro-algas que, ao morrerem, liberam o nocivo Fenol.

Não havendo o controle de temperatura no aquário, não é possível fazer o controle da quantidade de bactérias, microalgas e outros micro-organismos no aquário, e isso pode se tornar uma bomba relógio pronta para explodir a qualquer momento.

É por todas essas questões que é preciso manter um controle rígido da temperatura e da quantidade da matéria orgânica na água. Só assim será possível manter um aquário bonito por muitos anos. Montar um aquário bonito é fácil, mas manter um aquário bonito por cinco ou dez anos requer cuidado, atenção e dedicação.

Quem se preocupa com os corais, peixes e camarões, mas esquece da microbiota (conjunto de micro-organismos que vive no aquário), corre risco de perder tudo por causa dela. Em um aquário, os animais e algas que não vemos são tão importantes quanto os que vemos.

Controle de temperatura com chiller
Controle de temperatura com chiller Refripampa

Para manter a temperatura é necessário um bom controlador de temperatura junto com o resfriador, seja ele cooler, chiller ou qualquer outro método de resfriamento, porém o chiller é o mais indicado para o seu aquário e todos os modelos fabricados já possuem esse tipo controlador.  Caso você more em alguma região fria, indicamos o termostato junto com o aquecedor ou o chiller com aquecimento que possa fazer esse tipo de controle. Se o aquário for pequeno e você prefira utilizar coolers, então o mais indicado é buscar o controlador de temperatura que trabalhe bem com as ventoinhas, porém é necessário conhecimento especifico para a instalação. O mais usado é da marca Coel.

Lembrando, que todos os métodos acima vai depender da litragem do seu aquário e do ambiente onde o aquário está instalado. Jamais você conseguirá controlar um aquário de 500 litros apenas com ventoinhas.

Lembrando que para falta de energia, é bom pensar num plano B: Falta de Energia, o que fazer no aquário?

Referências:
1. Slide, “Fatores que afetam o crescimento e a sobrevivência microbiana” por  Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa.

Sintam-se à vontade para corrigir, complementar e compartilhar a sua experiência conosco. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Faça parte deste time, colabore conosco!

Sobre Angelo Lucas

Aquarista desde criança por herança paterna, estudo a fundo os pormenores do aquarismo. Sou completamente apaixonado por aquarismo marinho, principalmente corais. Tenho com meu pai a Aquários Sobrinho, empresa de fabricação e desenvolvimento de equipamentos e suplementos para aquários.

Veja também

Aquarista encontra Cymothoa exigua aquário

Aquarista encontra Cymothoa exigua em aquário

5.0 03 Aquarista encontra comedor de língua (Cymothoa exigua) em aquário. Você já ouvir falar …

2 comments

  1. Osvaldo Augusto Silva Junior

    ola Angelo pessoas como vc é fundamental pra aquarismo marinho,que realmente ama conhece e compartilha o seu conhecimento.só temos a agradecer grd abraço

    • Osvaldo, obrigado pelos elogios. Nós da Aquários Sobrinhos queremos compartilhar informações que possam ajudar de fato as pessoas. Existem muitas lendas no aquarismo e muita coisa desconhecidas e por isso nós tentamos desmistificar os primeiros e descobrir os segundos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *