Notícias
Home Dulcícola Vídeo: A Saga do Piabeiro completa

Vídeo: A Saga do Piabeiro completa

Vote neste artigo

A saga do Piabeiro é um vídeo que retrata fielmente a base da cadeia produtiva de peixes ornamentais, principalmente o extrativista, que mesmo tendo decorrido quase uma década, continua pintando um quadro similar na famosa cidade de Barcelos (AM), onde o pescador sempre fica às margens, tanto do rio, quanto do ganho financeiro.

A Saga do Piabeiro
Crédito: Instituto Piagaçu

O aquarista ou simpatizante que queira conhecer mais um pouco da origem de muitos dos peixes que mantemos em aquários deve assistir A saga do Piabeiro. Adoro a forma que é retratada a verdade da vida do pescador artesanal, nos colocando no dia a dia deles, inclusive fazendo a gente perceber o quão difícil é a realidade vivenciada.

Outro ponto interessante no vídeo é perceber a relação que há em toda a cadeia produtiva dos peixes ornamentais, onde diversas relações são injustas e em parte nos inclui, enquanto aquaristas, nesse processo. Comparando com os dias atuais, muito se repete no processo de extração, transporte e venda, onde muitos peixes são perdidos, colocando em risco inclusive a sustentabilidade da atividade.

Vídeo A Saga do Piabeiro

Desta maneira já se sabe de projetos de pesca sustentável com bastante êxito, onde se faz importante, decorrido quase uma década, uma nova versão do vídeo a fim de historiar todo o processo, mas que mesmo assim não tira o mérito.

categorias dos piabeiros de peixes ornamentais e sua rede de relacionamento

Na figura acima de autoria de Felipe Rossoni, mostra as categorias de pescadores e sua rede de relacionamento, que discute as relações de aviamento entre ‘piabeiros’ do rio Negro. O autor conclui que as formas de negociação podem ser coercivas ou amigáveis, podendo ser influenciadas ou mediadas por relações de parentesco entre os envolvidos.

  • Pescador Patrão: Agente intermediário de cadeia produtiva, que negocia a produção dos clientes/coletores e revende para as empresas exportadoras. Atua como negociante, podendo também atuar como pescador. Geralmente, adquire condições (material e ajuda de custo) das empresas e utiliza-se delas para negociar com os clientes/coletores na forma de aviamento.
  • Pescador cliente/coletor: Pescador local que pesca e/ou acompanha o patrão nas pescarias, servindo a temporada para incrementar a renda familiar. Em termos econômicos, frequentemente dependente totalmente do patrão.
  • Pescador autônomo: É o pescador que entrega sua produção diretamente à empresa exportadora. Geralmente, possui alguma condição e/ou negocia condições com a empresa (como material e ajuda de custo para iniciar a atividade.)

Carregado de informações empíricas e científicas, nos traz termos típicos dos pescadores (como batelão, paragem, faxiar, malhadeira), onde mesmo nas longas idas e vindas das pescarias, ainda continuam “pelejando” na atividade de Piabeiro.

Sintam-se à vontade para corrigir, complementar e compartilhar a sua experiência conosco. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Faça parte deste time, colabore conosco!

Sobre Leopoldo Barreto

Leopoldo Barreto é aquarista desde 1994, formado em Engenharia de Pesca e Mestre em Aquicultura, com o foco em peixes ornamentais marinhos. Doutor em Ciências da Educação pela Universidade do Minho (Portugal), com especialidade em Educação Ambiental e para a sustentabilidade, versando sobre o tema Aquarismo como ferramenta de Educação Ambiental na promoção da competência para a ação.

Veja também

Primeiro híbrido de peixe com camarão!

Primeiro híbrido de peixe com camarão! 5 (100%) 2 votos Um estudo sobre hibridismo utilizando …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *