Notícias
Home Alagoas Produção de peixes e crustáceos deve ser potencializada em Alagoas

Produção de peixes e crustáceos deve ser potencializada em Alagoas

Produção de peixes e crustáceos deve ser potencializada em Alagoas
Vote neste artigo

A produção de peixes e crustáceos deve ser potencializada em Alagoas. O principal centro de aquicultura da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) está localizado no Estado, na cidade de Porto Real do Colégio, e será a base para o acordo de cooperação técnica e acadêmica firmado entre a companhia, a Universidade de Auburn (Estados Unidos) e o governo de Alagoas. A produção de peixes e crustáceos deve ser potencializada em Alagoas

CodevasfImagem: CODEVASF

Como parte do compromisso entre as instituições, o governador Renan Filho recebeu, nesta quinta-feira (23/03), o diretor da Área de Revitalização das Bacias Hidrográficas da Codevasf, Eduardo Jorge de Oliveira Motta, e uma missão de diretores vindos da universidade americana.

Eduardo Motta explicou a importância da parceria. “Essa universidade é uma referência no mundo na área de aquicultura, recursos hídricos e pesqueiros. Já a Codevasf possui, em Alagoas, o maior centro do setor público do Brasil voltado à aquicultura – fundamental na geração de novas tecnologias e capacitação”, apontou.

Produção de peixes e crustáceos deve ser potencializada em AlagoasImagem: Divulgação

Com o envolvimento do governo do Estado e também da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) deverão ser implementadas capacitações e geração de tecnologia para a recuperação ambiental do Vale do São Francisco e, consequentemente, da pesca e de espécies em processo de extinção. Para Eduardo Motta, o acordo viabiliza ainda a aquicultura como alternativa de fonte de renda para as populações que vivem na pobreza.

O programa ter intercâmbio acadêmico para que técnicos nossos e dos Estados Unidos possam fazer mestrado, doutorado e também de curta duração, na parte prática, bem como para professores e alunos dos dois países”, revelou o diretor da Codevasf.

O acordo possui duração de cinco anos, com a possibilidade de ter esse prazo ampliado para dez anos.

Colabore conosco. Sintam-se a vontade para corrigir, complementar e compartilhar a sua experiência conosco. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Fonte: Aqui Acontece

Sintam-se à vontade para corrigir, complementar e compartilhar a sua experiência conosco. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Faça parte deste time, colabore conosco!

Sobre Fabrício Ramos

Consultor na área de produção de organismos aquáticos - Diretor Setor de Aquicultura, Empresa Alimento Seguro Consultoria e Treinamento Ltda. Aquarista desde os oito anos de idade. Experiência no desenvolvimento de pacotes tecnológico para várias espécies, montagem de laboratório de produção em larga escala para peixes e alimento vivo, zooplâncton e fitoplâncton. Tanto marinho como de água doce.

Veja também

Morre especialista em peixes tropicais, Dr. Herbert Richard Axelrod.

Morre especialista em peixes tropicais, Dr. Herbert Richard Axelrod.5 (100%) 2 votos Faleceu no dia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *