Notícias
Home Dulcícola O Peixe Kinguio chamado “Einstein” é salvo usando Salva-Vidas.

O Peixe Kinguio chamado “Einstein” é salvo usando Salva-Vidas.

O Peixe Kinguio chamado “Einstein” é salvo usando Salva-Vidas.
4 (80%) 3 votos

Que história incrível essa, e eu achando que já tinha visto de tudo… Possível “solução” para problema na bexiga natatória. Compartilhe no Facebook

O Peixe Kinguio chamado "Einstein" é salvo usando Salva-Vidas.
Quando o Kinguio chamado “Einstein” desenvolveu a doença na bexiga natatória, o futuro parecia sombrio. A doença que é comum em peixes de aquário e controla a sua flutuabilidade o levou a virar de cabeça para baixo e descer para o fundo do tanque. Mas agora as coisas estão melhorando, depois que seu proprietário Leighton Naylor de Blackpool, fez o seu próprio colete salva-vidas.
O Peixe Kinguio chamado "Einstein" é salvo usando Salva-Vidas.

O ‘floating frame’, feito de tubo reciclado que se encaixa perfeitamente sobre seu corpo lhe permitiu nadar normalmente. Sr. Naylor disse: “Einstein está sofrendo com problemas de saúde por cerca de dois anos. Ele sempre foi um lutador, quando ele afundou para o fundo e não poderia voltar novamente era uma visão muito triste. Ela partiu meu coração vê-lo tão indefeso, ele parecia tão deprimido. Eu comecei a olhar para auxiliares de flutuação e vimos um onde um proprietário manteve uma carpa koi, anexando-o a uma garrafa, mas que parecia muito doloroso. Eu queria construir algo que permitiria Einstein mover suas barbatanas um pouco e estar confortável ao mesmo tempo. ” Sr. Naylor passou três horas projetando o colete salva-vidas a partir de tubos de aeração, e ajustou confortavelmente ao peixe Einstein. Ele acrescentou: “Ele mexeu um pouco primeiro e ele não estava muito entusiasmado com a ideia.”

Fonte: TheTimes

Tem dúvidas se seu peixe tem esse mesmo problema? Confira abaixo alguns dos sintomas mais comuns.

DOENÇAS DA BEXIGA NATATÓRIA. Sintomas: anormalidades no nadar, pois o peixe fica com a cabeça caída para baixo e para a frente, não consegue ficar nivelado e tem dificuldade para subir à tona, permanecendo às vezes no fundo ou então na superfície, de barriga para cima. Sua causa em geral é alimentar, devido a uma alimentação deficiente e não variada. Basta que seja corrigida a alimentação para os sintomas desaparecerem. Pode ter outras causas como uma paralisia da própria bexiga natatória, por mudança brusca ou acentuada da temperatura. Neste caso; baixamos o nível da água a no máximo 3 vezes a altura do peixe na sua posição normal, pois sendo obrigado a permanecer no fundo, deixa de absorver ar, aumentando suas probabilidades de cura, já bem grandes. Degeneração da bexiga natatória, sintoma de doença infecciosa como a ascite (pelo Ichthyophonus) são outras de suas causas. Os distúrbios do equilíbrio podem ter outras causas como produção de gases intestinais (mesmo tratamento que para a constipação). Não é mortal e o peixe pode viver muito tempo. Boa alimentação e controle da temperatura a evitam. Não há tratamento específico. – Fonte: Planetaclix

AquaA3 – Aquarismo Alagoano
Tradução: André Albuquerque

Sintam-se à vontade para corrigir, complementar e compartilhar a sua experiência conosco. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Faça parte deste time, colabore conosco!

Sobre André Albuquerque

Analista de mídias sociais e aquarista desde os 6 anos. Meu falecido irmão tinha uma carcaça da geladeira onde havia muitos peixes e plantas, tudo aquilo brilhava nos meus olhos, até hoje tenho o suporte de aquário que ele me deu. Magia é ver as plantas crescendo e todo tipo de fauna se reproduzindo dentro de uma caixa de vidro.

Veja também

As mudanças do CBAP 2017

As mudanças do CBAP 20175 (100%) 11 votos Com o objetivo de atrair e estimular …

2 comments

  1. Vou fazer um salva vidas desses para meu peixe

  2. Muito legal essa ideia! Parabens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *