Notícias
Home Artigos Cuidados O ambiente externo pode ser nocivo ao aquário

O ambiente externo pode ser nocivo ao aquário

O ambiente externo pode ser nocivo ao aquário
5 (100%) 2 votos

Quando existe um problema, todos se concentram no aquário… E no ambiente externo?

Seu peixe está tão seguro quanto você pensa? Um aquário em uma sala de estar pode ser nocivo ao aquário, minimize o risco para seus peixes conhecendo todos os itens que cercam o seu aquário. Hoje, em algum lugar do mundo, alguém estará olhando para um aquário cheio de peixe morto e coçando a cabeça, incapaz de descobrir o porquê. Pode ter acontecido algo catastrófico como uma quebra de um filtro ou um termostato desregulado. Muitas mortes misteriosas nunca são resolvidas, porque hobbystas focam somente no que está acontecendo no aquário, e não no que está acontecendo em torno dele. O problema é, fatores externos pode ser tão – se não mais – mortais que os que acontecem dentro do aquário.

O ambiente externo pode ser nocivo ao aquário
(Créditos Nathan Hill)

Se você não estava ciente das influências externas que podem causar uma destruição, então agora é a hora de aprender. Você pode estar mais perto do perigo do que você pensa.

Poluição Sonora

Alto falantes podem causar estresse agudo ou crônico.

Poluição Sonora no aquário

Não é o problema óbvio que as pessoas imaginam que seja, mas o som pode causar estresse agudo ou crônico nos peixes, enfraquecendo seu sistema imunológico e deixando-os abertos à infecção. Em casos extremos, um barulho súbito e alto pode ser suficiente para chocar um peixe causando morte abrupta e imediata. Qualquer coisa que impacte contra um aquário tem o poder de matar.

Os peixes detectam parcialmente o mundo em torno deles através de seu sistema de linha lateral, um acessório sensorial que lhes permite detectar a menor das mudanças na pressão da água. Submetê-los a um choque súbito como uma batida contra o vidro é o equivalente a um tiro de espingarda direto na cabeça de uma pessoa. As crianças estão entre os piores culpados por batidas no aquário, mas os animais de estimação e portas batendo pode bem ruins.

Os graves de uma TV alta ou som são suficientes para conduzir o terror na maioria dos peixes, então qualquer aquário situado próximo a um alto-falante é propenso à problemas. Tente manter o cinema em casa e o aquário em quartos separados.

Poluição aérea

Pulverizadores podem ser mortais para o seu aquário.

Poluição aérea no aquário

O oxigênio no seu aquário vem do ar ao redor dele, consequentemente qualquer resíduo próximo irá para água e causará problemas. Pior ainda, a água é excelente em atrair poluentes aéreos, coletando e concentrando-os. Sua sala pode ser uma sopa atmosférica de produtos químicos, e se for, então é uma aposta segura de que sua água está ainda pior!

Alguns produtos químicos do dia-a-dia são piores do que outros, e outros (se você ler a embalagem) vai avisar que eles não são seguros para uso nas proximidades de aquários. Respeite esse conselho.

Spray para gatos é uma máquina de matar!

Pulgicida é letal para os peixes. Um ingrediente ativo – permethrin ou pyrethrin – é um dos mais potentes assassinos de peixes que você vai encontrar (e não é ótimo para os seres humanos também). Quaisquer animais recentemente pulverizados devem ser mantidos bem longe mesmo dos quartos onde os aquários estão.

Purificadores de ar

Alguns purificadores de ar podem conter agentes químicos

Purificadores de ar são nocivos ao aquário

São muitas vezes pequenos pacotes de morte onde os peixes são os principais afetados. Os próprios produtos químicos que trazem cheiros frescos são freqüentemente tóxicos para peixes em doses mesmo baixas. Spray purificadores podem causar envenenamento agudo e súbito, enquanto liberam lentamente produtos químicos que gradualmente se acumulam, se a embalagem não reivindicar que é seguro com peixes, então assumi que não é.

Se está no ar, está no aquário

 fumaça do cigarro no aquário
(créditos Pexels)

A fumaça do cigarro é cheia de nicotina, e apesar de eu não comprovar isso, eu imagino que os cigarros eletrônicos são a mesma coisa. Alguns peixes podem ser surpreendentemente tolerantes (como os kinguios) enquanto peixes marinhos são incrivelmente frágeis. Eu já vi um aquário inteiro morrer por causa de um charuto antes. Desodorantes e perfumes são as razões que muitos tanques nos quartos dos adolescentes podem falhar. Sempre pulverizá-los em uma sala diferente para o seu tanque, e se o perfume foi aplicado aos pulsos, em seguida, manter as mãos fora do tanque.

Lustra-móveis é complicado, como ninguém quer viver em uma sala desagradável, o lustra-móveis no ar pode ser um grande veneno, enquanto que passado em um pano pode ser menos ameaçador. Umedeça o pano com o produto em outro local da casa, e depois use nos utensílios em volta do aquário, mas fique de olho em qualquer sinal de estresse ou envenenamento nos peixes.

Pintura e verniz podem ser tão ruins quanto os outro mencionados acima. Caso não consiga mover seu aquário para fora do ambiente, cubra  todo o tanque e fique de olho para qualquer indicio de estresse. O ideal seria retirar os peixes para um outro ambiente, todo aquarista que se preze deve ter um aquário reserva (hospital, quarentena…).

Venenos de contato

Sabonete nocivo ao aquario

Sabonete de mão e gel higienizador são ótimos para a higiene, mas é essencial você usá-los depois de entrar no tanque, não antes. Eu mesmo conheci aquários destruídos por pessoas que estavam lavando as louças e ainda tinha resíduo de sabão em sua pele. Se você usar o mesmo balde para limpar o carro, janelas, piso e aquário, você está pedindo para o problema do coquetel de produtos químicos mortais entrarem no seu aquário – mesmo se você enxaguá-lo.

Inseticidas podem ser o menor dos problemas para os peixes, mas absolutamente letal para invertebrados como camarões. Para importar/exportar, alguns países exigem que a planta seja pulverizadas, mesmo lavando essas plantas podem causar morte aos invertebrados do seu aquário, tornando sua carne opaca antes de morrerem. Lavar de suas novas plantas não será suficiente, e em vez disso, eles podem precisar de vários dias de imersão para utilizar seguramente, você pode fazer algum tipo de quarentena utilizando carvão ativado.

Medicamentos

Remédios para peixes podem ser alarmantemente tóxicos. Muitos aquaristas iniciantes e alguns veteranos pensam que “se uma gota cura a doença, duas a curarão na metade do tempo!” As medicações são projetadas para funcionar em uma dose estabelecida, geralmente apenas o suficiente para ser letal para patógenos, mas não o bastante letais o suficiente para prejudicar os peixes. Overdoses podem causar grandes danos em órgãos, colamento das brânquias e devastação dos rins.

Testes de aquário
(créditos Reef2rainforest)

Sempre realizar testes de água longe do tanque e nunca colocar a amostra  ou o medicamento em cima ou próximo do aquário, enquanto você espera para os resultados. Um derramamento pode ser mortal para o seu peixe.

O sal deve ser manuseado com cuidado, usado em excesso irá acumular na água, e pode começar a desidratar peixes. Pode parecer estranho, mas acontece muito mais do que você imagina.

Como detectar um caso de envenenamento

Os sintomas podem variar entre os peixes, e depende de quais produtos químicos os afetaram , mas há algumas coisas gerais para prestar atenção:

As cores aumentadas podem frequentemente ser associadas com as toxinas na água, como podem ser marcas típicas do esforço tais como barras escuras ou pontos no corpo

Respiração ofegante na superfície pode ser problema de água como a amônia, mas pode ser facilmente um produto químico introduzido que é irritante as brânquias

Comportamento letárgico e repouso em um local pode ser um comportamento natural para alguns peixes, mas quando todos estão fazendo isso, você precisará investigar.

Comportamento errático, agitação, ou tentar saltar do tanque pode ser de uma súbita mudança de pH, mas também pode ser uma reação de fuga de algo desagradável que tem chegado à água.

Como prevenir

Se você não já conhece o mantra, então recita-o até que esteja firmemente ali. “A solução para a poluição é a diluição!” Agora diga cinquenta vezes seguidas. TPA’s são essenciais em casos de envenenamento suspeitos, quanto mais cedo você puder diluir o produto químico ofensivo, melhor. Em casos leves, uma rotina de 20% de mudanças diárias ao longo de uma semana vai ajudar, enquanto emergências definitivas podem exigir 50% ou mais da água de uma só vez. Não há regras rígidas e rápidas, mas lembre-se que se você tirar mais, então você também pode desequilibrar o filtro.

carvão ativado
(Créditos SpikenzieLabs/Flickr)

Removedor de substâncias nocivas é um item indispensavel para muitos problemas, algumas mídias ajudarão, especialmente o carvão ativado. Para uma remoção rápida de muitas incógnitas, mantenha sempre em mão um kit para emergências, eles são baratos e podem ser a diferença entre peixes mortos e vivos em uma crise.

Claro, a melhor coisa é não envenenar seu peixe em primeiro lugar, então o momento que você suspeita que tenha ocorrido, você vai querer investigar na sua sala e descobrir o que está causando o problema – então erradique-o!

FontePractical Fish Keeping, autorizado pelo o autor Nathan Hill.

Sintam-se à vontade para corrigir, complementar e compartilhar a sua experiência conosco. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Faça parte deste time, colabore conosco!

Sobre Vinícius Rechdan

Tradutor Advanced Aquarist - Incentivado pelo pai e irmão, sempre teve aquários mas somente em 2003 com 14 anos de idade é que começou a estudar e ganhou amor pelo hobby. Hoje é proprietário da VR Aquarismo, empresa especializada em montagem e manutenção de aquários e lagos ornamentais.

Veja também

Cirurgia em Kinguio para redução do wen

Cirurgia em Kinguio para redução do wen5 (100%) 2 votos Peixe Kinguio passa por cirurgia …

Um comentário

  1. Excelente artigo! Parabéns pelo autor e pelos criadores desse site! Isso vai ajudar muita gente, e claro, muitos animais também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *