Notícias
Home Marinho AquaRio? Sim, vale a pena!

AquaRio? Sim, vale a pena!

AquaRio? Sim, vale a pena!
5 (100%) 4 votos

O AquaRio é um aquário público instalado no Rio de Janeiro, sendo o maior aquário marinho da América do Sul!

Ir ao AquaRio começou com uma pergunta sem pretensão durante uma reunião de aquaristas: vamos conhecer? E quando a pergunta alterou para “quando vamos conhecer?”, as engrenagens começaram a se movimentar.

Escolhemos o feriado de 1 de Maio, já que teríamos três dias para passear pela cidade. Tivemos muita sorte: agradáveis 24 a 26°C, sem chuva e também sem risco de derretemos na Cidade Maravilhosa. Curitibanos, já viu. Preferimos descer no Aeroporto Santos Dumont, que fica a pouco menos de dois quilômetros de onde nos hospedamos (Ibis  budget Rio de Janeiro Centro).

AquaRio vale a pena!

O Hotel

Sobre o hotel, vantagens e desvantagens. A vantagem foi a proximidade com alguns lugares que queríamos conhecer (como o bairro da Lapa e o Porto Maravilha, onde está o AquaRio) e a desvantagem ficou por conta da falta de segurança nesta região, reiterada por muitas e repetidas orientações como tomem cuidado, não andem sozinhos, não saiam a pé à noite, devidamente acompanhadas por diversos relatos sobre a violência urbana carioca. Resumindo, não fomos à falência, mas gastamos mais com Uber do que havíamos previsto.

Com relação ao hotel em si, creio que todos saibam, mas acho que não custa comentar que o budget é muito simples e apenas com o básico do básico, não esperem nada além disto e sua diária custa em média R$ 125,00. Os quartos são pequenos, não possuem frigobar, secador de cabelo, cofre, sequer guarda-roupa, e a única refeição disponibilizada é o café da manhã, não incluso na diária.

Os ingressos

Compramos os ingressos para todos os locais que queríamos visitar pela internet e com bastante antecedência. Falando especificamente sobre o AquaRio, na compra do ingresso agenda-se não só o dia da visita como também o horário. O AquaRio funciona das 10:00h às 18:00h, sendo a última entrada às 17:00h. Embora haja um horário para entrar não há um para sair, pode-se permanecer ali o tempo que desejar. Agendamos o primeiro horário (já tínhamos outro programa na parte da tarde) e permanecemos cerca de duas horas lá.

circuito de visitação do aquário marinho do rio

Sobre o valor, as tarifas variam conforme seja normal (R$80,00), promocional (R$60,00) ou reduzida (R$40,00). Os critérios que determinam quem pode adquirir tarifa promocional ou reduzida constam no link ao final da matéria.

  • Horário de funcionamento
  • Taxa normal 
  • Tarifa promocional
  • Tarifa reduzida 
De 10h às 18h
Entrada no circuíto até às 17h
Horário de funcionamento de bilheteria:
Associados de 9:30h às 17h
Demais clientes de 10h às 17h
R$ 80,00 
R$ 60,00
– Moradores do Estado do Rio de Janeiro ou pessoas nascidas no Estado do Rio de Janeiro
(Obrigatório de apresentação de documento de comprovação na catraca de acesso.)
R$ 40,00
– Crianças de 3 a 11 anos (brasileiros e estrangeiros)
– Jovens de 12 a 21 anos (brasileiros)
– Estudantes do Estado do Rio de Janeiro (todas as idades)
– Estudantes até 24 anos (brasileiros, de outros Estados)
– Maiores de 60 anos (brasileiros)
– Pessoas com deficiência (brasileiros e estrangeiros)

Acesse o site para mais informações

O Aquário Marinho do Rio de Janeiro é o maior da América Latina. São 26.000 metros quadrados de área construída e 4,5 milhões de litros de água distribuídos em 28 tanques que abrigam 350 espécies de animais.

grafite aquario marinho do rio

No AquaRio

Já na entrada tivemos a primeira surpresa: fomos recebidos por uma ossada de 13 metros de comprimento de uma jubarte, suspensa por cabos de aço. Esta baleia foi encontrada morta na Praia da Macumba em 2014 e a limpeza dos ossos demorou um ano para ser feita.

ossada da baleira jubarte

Antes de iniciar a visita, recebemos duas orientações: não toquem nos “vidros” e não usem flash. A iluminação dos corredores é tênue e eles são largos, o que não nos salvou de alguns empurrões e certa dificuldade para conseguir chegar perto de alguns tanques. O número de visitantes é realmente grande e olha que entramos no primeiro horário de visitação.

domo de acrílico aquário marinho do rio

O primeiro tanque com o qual nos deparamos é o de águas vivas e daí para diante é uma festa visual com peixes e invertebrados de diferentes biótopos. Em cada tanque há um painel que exibe foto, nome científico e comum dos animais que contem. Há monitores presentes em todo o circuito para outras informações e orientações. Confesso que não falei com nenhum deles. Além dos tanques, há um domo de acrílico no qual podemos entrar e observar os peixes nadando sobre e ao redor de nossas cabeças.

Mas a cereja do bolo é o Recinto Oceânico. Visível através de várias “janelas”, possui uma área de 500 metros quadrados, pé direito de 7 metros e 3,5 milhões de litros de água. Há tubarões, raias, diferentes peixes de cardume, encontrei até um solitário baiacu cuidando do que chamei de sua pedra favorita, nadando um pouco para lá e para cá, mas voltando sempre para a pedra.

tubarão no aquário marinho do rio

Fiquei imaginando qual seria a espessura dos vidros para suportar a pressão de tanta água, mas sobre isto só pesquisei depois. A título de curiosidade, aquilo não é vidro (como imaginei) mas sim acrílico, com módicos 300 mm de espessura.

Cortando este tanque, há um túnel de acrílico de vinte metros de comprimento por três de altura, dois de largura e uma quantidade enorme de pessoas dentro dele, já que quem entra não tem pressa alguma de sair e assim chegam e se juntam mais e mais pessoas ali. Empurrões, esbarrões, cotoveladas, infindáveis pedidos de desculpas são inevitáveis neste espaço. A visão é linda, principalmente das raias que circulam muito próximas ao túnel.

Deixando o túnel encontramos os Tanques de Toque, que são tanques rasos, abertos, onde pode-se tocar alguns animais como raias, pequenos tubarões e invertebrados. Infelizmente não pudemos fazer isto pois estes tanques são fechados ao público aos sábados, domingos e feriados.

Loja do AquaRio

Como não podia deixar de ser, há uma loja de souvenirs onde estão à venda camisetas, canecas, bichos de pelúcia, chaveiros, entre tantas outras coisas. Achei os preços salgados como a água dos tanques, mas os produtos são bonitos. Algo que chama a atenção de quem é aquarista e fica neste mesmo espaço é o Laboratório Envidraçado, onde são feitas pesquisas em parceria com a UFRJ, estudos sobre reprodução em cativeiro e análises da qualidade da água dos tanques. Há também um local para exposições e que neste momento abriga uma exposição sobre surf (pranchas e fotos) e outra com conchas de várias partes do mundo. Além destes espaços há também uma praça de alimentação.

Futuramente (a previsão é oferecer este programa no fim do primeiro semestre) o AquaRio disponibilizará uma Visita aos Bastidores para quem quiser conhecer toda a estrutura de manutenção dos tanques. Este tour terá um preço à parte e ainda não foram divulgados valores para esta visitação.Se já estivesse disponível, com certeza faria este passeio sem pensar duas vezes.

Enfim, para quem está pensando em visitar o AquaRio minha sincera sugestão é pare de pensar e comece a planejar. Fale com os amigos, junte os aquaristas, forme um grupo, vá conhecer. Vale a pena, inclusive pelo singelo encantamento de observar o bailado das águas vivas, ver as raias “voarem” ou contar os dentes de um tubarão de dois metros que passa pertinho de você.

Autoria das imagens: Mário Farias Junior, Mosiah Schaule e Solange Nalenvajko

Sintam-se à vontade para corrigir, complementar e compartilhar a sua experiência conosco. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Faça parte deste time, colabore conosco!

Sobre Solange Nalenvajko

Formada em Administração e atualmente convivendo com a nobreza (rainha do lar). Aquarista desde 2010, sua experiência principal são os Kinguios (Carassius auratus) e aquários de baixa manutenção.

Veja também

Dica de como tirar foto do aquário marinho

Dica de como tirar foto do aquário marinho 5 (100%) 20 votos A foto do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *