Notícias
Home Notícias Denúncia: Box do banheiro com água e peixes



Denúncia: Box do banheiro com água e peixes

Youtuber desrespeita a vida enchendo o box do banheiro com água e peixes!

A aquariofilia como “adoração” aos peixes já é conhecida de longas datas, onde na Grécia antiga já se mantinha peixes para a contemplação. Mais recentemente o Aquarismo como técnica e a Aquariologia como estudo vem complementar todo o mercado que envolve os peixes ornamentais. Nós, como militantes do bom desenvolvimento do setor, assim como estudiosos, a cada dia tentamos melhorar o bem estar desses animais (vegetais e também corais) nos aquários, estudando desde a Biologia das espécies até as formas de melhor replicar nesses ambientes confinados a mãe natureza.

Logo, quando vemos vídeos (ou quaisquer outras formas de divulgação) maltratando nossos queridos peixes, somos obrigados a nos “levantarmos” e defender nossos queridos amigos. O vídeo (acima) que foi recentemente divulgado onde o Youtuber Danilo Vieira se diverte com peixes ornamentais em um “Aquário no box” é a mais pura falta de ética para com o bem estar dos animais.

Por que está errado?

Primeiramente para se manter peixes ornamentais é necessário simular todo o ambiente aquático desejável, com um substrato adequado, plantas e/ou pedras, de acordo com as espécies mantidas, além do que se faz necessário algum tipo de filtragem para manter a qualidade da água. Esse cidadão do vídeo que vimos aqui denunciar inicialmente já trata os peixes como quaisquer outros brinquedos inanimados, desrespeitando a vida. Além do que maltrata os animais manipulando-os grosseiramente para fotografar-se numa situação, por ele considerada, engraçada: nadar com peixes dentro de um box de banheiro inundado. Caso a se denunciar por maus tratos, inclusive o tipo de água que ele usa, soltando os animais sem qualquer aclimatação, vem direto do abastecimento público, o qual pensa-se conter teores de cloro que leva a injúria nas guelras e mucosas dos peixes.

Denúncia: Box do banheiro com água e peixes

Qualquer água que colocamos em nossos aquário passa por algum tipo de tratamento, tanto para retirar o cloro como reduzir outros metais pesados tóxicos aos peixes. Nesse nosso relato de revolta nem consideramos os riscos para com a pessoa que está praticando a “brincadeira”, como a quebra do vidro e acidentar-se com isso. Os peixes são reféns de tal ato criminoso, assim classificado por nós porque, apesar de não sermos juristas, temos compreensão que qualquer mau trato a animais cabe na Lei Federal 9.605 de 1998.

Dessa forma registramos aqui nossa revolta com a brincadeira de mau gosto desse canal, o qual não mede os danos que causa a outros seres vivos, pois se querem seguidores e “likes”, que ajam pelo menos como os Jackass, maltratando a si mesmo em nome da “diversão”. Assim ressaltamos que para manipular peixes ornamentais devemos seguir princípios básicos, tanto para com o ambiente em que iremos mante-los, com acessórios necessários para manter a qualidade do ambiente aquático, como também devemos ter cuidado ao manusear os animais, tocando-os minimamente, estressando-os menos ainda e ao final, obtendo o resultado esperado, um aquário equilibrado com os animais vivendo eticamente bem.

Como denunciar no Youtube

1. No link você clica em “. . . Mais” e aparecerá uma coluna com diversas opções, selecione o “Conteúdo violento e repulsivo”

Como denunciar no Youtube

2. No “conteúdo violento ou repulsivo” aparecerá a opção “abuso de animais” e você adiciona o tempo e a mensagem desejada, explicando a razão da denuncia.

como denunciar no Youtube por abuso de animais.

Como denunciar no Safernet

1. Acesse o site oficial do Safernet e clique em “Crimes na web? DENUNCIE”

Como denunciar no Safernet

2. Após clicar no link, abrirá um campo de denúncia e você selecionará as opções:

  1. “maus tratos contra os animais”
  2. URL do vídeo (https://youtu.be/ThigcGEjRAk)
  3. E a razão da denúncia

Como denunciar a Delegacia de Meios Eletrônicos

Basta ligar , mandar um e-mail ou ir até a sede:

dig4@policia-civ.sp.gov.br
(11) 6221-7011 / R 208, 209 / Av. Zaki Narchi, 152 – Carandiru – SP

Conclusão

O AquaA3 luta diariamente para que todas as pessoas conheçam o aquarismo consciente e que respeite os limites da natureza. Não admitimos que haja esse tipo de atitude na web, visto que um Youtuber é considerado formador de opinião e pode inspirar outras pessoas a terem a mesma atitude!

Antes de lidar com qualquer tipo de animal: o conheça, o estude e o respeite! 

Atualizações

02/02/2017 – Ele afirmou em seu Snapchat que os peixes estão vivos e serão transferidos para um amigo que deseja cuidar dos animais. A imagem abaixo mostra por si só o nível de sobrevivência.

Youtuber Danilo Vieira Box do banheiro com água e peixes

Alguns aquaristas se manifestaram através dos seus canais de comunicação

Foi noticiado em alguns meios de comunicação

Gazeta do Povo – Youtuber mergulha com peixes em box de banheiro

Diário e Pernabuco – Youtuber é acusado de maus tratos após mergulhar com peixes em box de banheiro inundado

Sintam-se à vontade para corrigir, complementar e compartilhar a sua experiência conosco. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Faça parte deste time, colabore conosco!

Sobre Leopoldo Barreto

Aquarista desde 1994, formado em Engenharia de Pesca e Mestre em Aquicultura, com o foco em peixes ornamentais marinhos. Doutor em Ciências da Educação pela Universidade do Minho (Portugal), com especialidade em Educação Ambiental e para a sustentabilidade, versando sobre o tema Aquarismo como ferramenta de Educação Ambiental na promoção da competência para a ação. Atualmente docente da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Veja também

Bebês Náutilus nascem no Aquário de Japão

5.0 01 Náutilus nascem em aquário no Japão. Já pensou em ver um dos invertebrados …

2 comments

  1. É inaceitável, saber que muitos não pensam em animais aquáticos como seres vivos, providos de sentimentos e dor, e os expoem a situaçoes inaceitáveis, de completo desrespeito, chegando a por suas vidas em risco em troca de mera vaidade.
    As autoridades precisam tomar uma atitude contra esta ação, e puni-lá de acordo com a lei.

  2. Denis Cetera Borges do Carmo

    Acredito que o mais impressionante é alguém ainda ter a coragem(pra não falar outra coisa) em tentar justificar uma prática dessas, realmente lamentável, classificando inclusive “como um ataque a um garoto”.

    Um homicídio pode ser concretizado com um ou dez tiros, qual a diferença?.

    Infelizmente muitos tem essa mania estupida de tentar justificar um erro com erros maiores.

    Ótimo artigo, excelente iniciativa do Barreto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *