Notícias
Home Aquapaisagismo Guia: Estilos de aquapaisagismo

Guia: Estilos de aquapaisagismo

Guia: Estilos de aquapaisagismo
4.75 (95%) 8 votos

Estilos de aquapaisagismo é o ponta pé inicial para qualquer entusiasta do hobby, vale a pena a leitura!

Em janeiro fechamos uma parceria com o site The Aquarium Guide e tivemos acesso ao guia “Aquascaping style – the complete guide” (Estilos de aquapaisagismo – o guia completo). O autor aborda com ilustrações os estilos mais conhecidos do aquapaisagismo, você vai conhecer pontos fundamentais e básicos para  se aprofundar mais em cada tipo de aquário.

Guia estilos de aquapaisagismo

Como muitos de vocês já sabem, o  aquapaisagismo é uma técnica que emprega diversos materiais — como substratos artificiais ou naturais, plantas, rochas, troncos etc. — para o desenvolvimento de paisagens subaquáticas que recriam um ambiente harmonioso, natural e saudável no interior de aquários.
Leia mais: O que é o aquapaisagismo?

 

No aquapaisagismo há diversas formas e estilos

Porém, no aquapaisagismo há diversas formas e estilos de abordar uma paisagem no aquário. Logo abaixo iremos retratar algumas das mais conhecidas.

Estilos de aquapaisagismo

O que é o estilo Holandês?

Apesar de parecer simples, a técnica abordada aqui é extremamente complexa em termos de escolha da flora utilizada, distribuição de iluminação, poda, liberdade de crescimento e outros parâmetros que até então nem sequer passaram pela cabeça do executor da obra em termos de micro-planejamento, mas vamos deixar vocês por vocês mesmos tirarem as conclusões dessa breve explanação sobre o magnífico Estilo Holandês de aquapaisagismo.

Estilo holandês no aquapaisagismo

O “Estilo Holandês” tem sua origem datada no início do século 20, na Holanda. O método de arranjo das plantas consiste em fazer blocos maciços de plantas crescendo de um ponto focal central no aquário, seguindo uma proporção de subida com plantas mais baixas a frente e plantas altas ao fundo. Apesar do arranjo seguir uma escala de plantas separadas pelo tamanho, a simetria não deve existir no aquário, tamanhos diferentes e blocos disformes são importantes para um resultado mais próximo do idealizado dentro do estilo.

Aquapaisagismo Holandês

A coloração e a diversidade das espécies são os pontos fortes na montagem, sem exagerar na expressão, mas “quanto mais melhor”, pois você acaba montando diversas moitas no aquário, criando assim pontos de destaque e expressão. Os usuais troncos e rochas não devem estar presentes ou visíveis na montagem, sendo a beleza individual de cada espécie de planta o principal atrativo do aquário.

As plantas também devem seguir um padrão diferenciado em termos de tamanho/cor das folhas em relação às suas vizinhas. As cores incluem plantas verde-claras, verde-escuras, amarronzadas, vermelhas, rosas e roxas. Ressaltando que o tanque não deve ter mais de dois pontos focais para não ocasionar uma dispersão de interesse no layout.

Estilo Holandês de aquapaisagsimo
(Créditos: Raymond Duindam)

Algumas considerações importantes a serem feitas são que você nunca deve usar uma planta muito chamativa(vermelha) na parte traseira do aquário para que você tenha uma ideia de profundidade maior sem ter nenhum ponto focal traseiro chamando para frente a impressão visual de quem assiste ao aquário. As paredes traseiras e laterais devem ser mantidas da forma mais natural possível, e de preferência adornadas com algum musgo para o preenchimento das mesmas.

Aquário plantado simples passo a passo
Aquário básico com a meta de um estilo Dolandês

Quanto a fauna utilizada, acredita-se que cardumes de peixes de menor tamanho e uma habitação mono-espécie funcione de forma mais eloquente dentro de um aquário onde o foco principal é o crescimento exuberante das plantas em sua força e coloração.

O que é o estilo Nature Aquarium?

Este é um dos estilos mais utilizados e conhecidos entre os aquapaisagistas. Você provavelmente já viu em toda a internet, em diversos fóruns, sites e em concursos de aquapaisagismo. Por uma boa razão, eles são aquários de tirar o fôlego e tratados como uma verdadeira arte!

Estilo nature aquarium no aquapaisagismo

Diferente do aquário plantado, o Nature Aquarium segue uma beleza ímpar entre os seus seguidores e tende a ser mais trabalhoso e ao mesmo tempo prazeroso. Originalmente popularizado pelo o aquapaisagista Takashi Amano (1954 – 2015), o estilo segue até hoje evoluindo e trazendo novas técnicas de como transformar um aquário em paisagem natural.

Segundo o blog do Xylema, um aquário que é plantado com plantas aquáticas e criado por sua beleza é amplamente conhecido como um “layout com plantas aquáticas”. No entanto, um Nature Aquarium é um layout com plantas aquáticas em um sentido mais amplo, existem algumas diferenças em termos de conceitos e técnicas quando comparado com outras metodologias de aquários plantados.

Estilo Nature Aquarium
Entrevista Fernando Francischelli: Thunder Valley Mountain em detalhes.
Primeiro conceito

Sua profunda relação com natureza, como indica a palavra “Nature”. Um dos princípios básicos do Nature Aquarium é “aprender com a natureza”. Isto tem basicamente dois significados: Primeiro é aprender com a natureza e incorporar ao layout. Existe um sem número de belíssimas paisagens naturais.

Aquapaisagismo nature aquarium
(Créditos: ADA Nature Aquarium Gallery)
Segundo conceito

Uma composição natural é criada usando rochas e troncos em um aquário, a sensação de naturalidade é produzida com plantas aquáticas como se tivesse arrancado um pedaço de uma das mais lindas composições naturais. Assim com uma paisagem natural muda com as estações, o layout aquático também muda com o crescimento das plantas aquáticas. No Nature Aquarium o layout também cresce mais bonito conforme o tempo passa e as plantas aquáticas se desenvolvem.

O que é o estilo Iwagumi?

O estilo do Iwagumi é definido por suas formações ousadas com pedras, simplicidade, elegância e um compromisso de criar um ambiente natural. Utilizando pedras como a estética primária de criação, o aquapaisagismo nesse estilo é considerado um dos estilos mais difíceis e desafiantes.

Estilo iwagumi no aquapaisagismo

Tradicionalmente existem três pedras essenciais no paisagismo do Iwagumi; no entanto o aquapaisagista tem a liberdade para construir o seu projeto com base na preferência.

Aquapaisagismo estilo iwagumi
(Créditos: George Farmer)

O requisito principal é a utilização de um número ímpar de pedras, a criação de simetria e equilíbrio em um ambiente natural é incomum e normalmente evidência o envolvimento humano.

O que é o estilo Aquário plantado (selva)?

Este estilo é um pouco auto-explicativo, o objetivo é simular uma selva dentro do aquário. Eles são bastante populares em tanques maiores, onde a escala é maior para retratar esse tipo de aquário.

Aquapaisagismo estilo selva
(Créditos: Tom Barr)

Apesar de no Brasil não usarmos esse termo para definir, diversos aquaristas utilizam desse tipo de aquário.

Estilo selva no aquapaisagismo

Para o aquapaisagista inexperiente, este projeto pode vir a ser difícil devido à variedade e a manutenção; no entanto, quando implementado corretamente, é igualmente bonito e único.

O que é o estilo Biótopo?

Este estilo procura imitar perfeitamente um ambiente natural, incluindo as condições da água, flora e fauna, e até mesmo o hardscape de pedras ou troncos. Curiosamente, estes aquários são geralmente um pouco mais fáceis de configurar e manter, uma vez que não há qualquer investigação necessária para determinar se a flora e a fauna que você está usando são compatíveis.

Estilo biótopo no aquapaisagismo

Quando montar um aquário biótopo, seja como um artista: um pintor, um fotógrafo ou um escultor, cortando todo o desnecessário, busque os itens principais e os mostre para o seu público.

Estilo biótopo
Brasileiro conquista o 1º colocado em concurso de biótopo

Não negligencie regras básicas de composição, ela é a mesma para todos os tipos de arte. Se em seu biótopo não tem nada além de rochas e troncos, faça uma boa composição os utilizando. Se deveria ter folhas, use folhas, mas é mais importante não fazer apenas um amontoado disso tudo, não se esqueça da beleza e harmonia.

Leia mais: Aquário Biótopo –  Realidades e equívocos

Tipos de composições e dicas para o Aquapaisagismo

Aquapaisagistas animados o suficiente com a sua paixão muitas vezes tentam a sua sorte em competições de paisagismo. É uma consequência natural: quando você faz algo que gosta e te dá prazer, é claro que você quer mostrar para os outros, e você também deseja que seu trabalho seja apreciado.

Tipos de composiçoes e regras no aquapaisagismo

O que os juízes querem ver em um concurso de paisagismo é um tanque perfeitamente executado, com bons princípios de design, e que também tenha aquele “fator uau!” que o diferencia dos outros na competição. Além disso, tenha em mente que julgar aquapaisagismo é como julgar qualquer obra de arte. É preciso prestar atenção aos detalhes, você precisa ser criativo, mas sem artificialidades.

Leia mais: Como ganhar um concurso de Aquapaisagismo

Referências

  1. Ilustrações de The Aquarium Guide, adaptadas e traduzidas por AquaA3;
  2. Estilo Holandês: texto adaptado do site Aqualize, do autor Fábio Correia;
  3. Nature Aquarium: texto adaptado do blog Xylema, do autor Alex Ribeiro.

Agradecimentos: Bárbara Bione e Paulo Márcio

Sintam-se à vontade para corrigir, complementar e compartilhar a sua experiência conosco. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Faça parte deste time, colabore conosco!

Sobre AquaA3

Somos um site de aquarismo feito por pessoas que respiram quase que sempre debaixo d’água. Dulcícola ou marinho, nano ou jumbo, plantado ou apenas peixes. Parceria, união e o verbo somar. É assim que fazemos aquarismo. Faça parte deste time!

Veja também

FVM: Transforme uma piscina plástica em lago plantado

FVM: Transforme uma piscina plástica em lago plantado 5 (100%) 2 votos Neste tutorial você …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *