Notícias
Home Entrevistas Entrevista Eddie (Zia): “Seahorse Utopia” em detalhes. (Cavalo Marinho)

Entrevista Eddie (Zia): “Seahorse Utopia” em detalhes. (Cavalo Marinho)

Vote neste artigo

Entrevista zia “Seahorse Utopia” em detalhes Aquaa3Agosto – Em nosso site nem tudo é aquapasagismo, nosso Em Detalhes deste mês irá falar de um aquário que lembra a floresta do desenho He Man, pelo menos é essa impressão que eu tenho. Zia é um experiente aquarista que eu tive o prazer de conhecer e aprender bastante com ele, seu foco principal são os Reefs. Conversamos um pouco com ele sobre esse fantástico aquário. Nessa entrevista há uma parte traduzida do site Nano-Reef e outra nossa. Eddie (Zia) está dividindo sua experiência com o hobby e seu progresso no último ano, espero que gostem!

Seu não tão comum tanque de corais de 186L é lar do magnifico cavalo marinho, vivendo em uma floresta de raros corais e pacíficos Gorgonians.

Zia – Eu me lembro como se fosse hoje quando fui mergulhar em St. Martin em 2001 e depois de ver aquele mundo fascinante nas profundezas do oceano, eu sabia que um dia eu iria querer ter um pedacinho do oceano na minha rotina diária. Mas só depois de uns anos depois quando minha filha nasceu que eu tive a oportunidade. Ela tinha apenas um ano de idade quando o filme “Procurando Nemo” saiu nos cinemas, e eu pensei, “Uau, eu adoraria dar de presente pra minha filha um peixe palhaço!”. Pensando que eles eram que nem um peixinho-dourado eu fui a busca de como ter um.  Como dizem por aí, ignorância é um dádiva! Então eu comprei meu primeiro aquário com 52L em 2004 e comecei meu primeiro projeto nesse hobby incrível. Não tendo feito uma pesquisa boa o suficiente antes de iniciar, e depois do Nemo 4.0, eu percebi que eu precisava descobrir os básicos, podendo assim parar com a matança. Como muitos outros, não demorou muito para eu ser fisgado e sendo assim tanques com corais passaram a ser parte da minha vida diária.

“…Por ter comprados kits baratos para testar os parâmetros da água e suplementos, sais e etc… para depois ter que substitui-los por outros melhores, foi meu primeiro arrependimento. Tem um ditado pra isso, “o barato sai caro”. Ter comprado equipamentos baratos no começo foi o meu maior erro.”

Veja tambem: Amphiprion ocellaris (Peixe Palhaço)

Entrevista Zia Seahorse Utopia em detalhes.Características do aquário:
61 x 61 x 50 cm
Iluminação: Eco Tech Radion XR30w LED Fixture
Sump: 30 x 16x 15 Cm / Sistema Trigger Systems Ruby Elite 30
Filtragem: 2x Filter Socks, Purigem, 2x 2 Two Little Fishies 150 reatores c/ GFO & carbono.
Skimmer: ASM G-2
Aquecedor: HMO-300 Finnex Digital
Circulação: Jebao WP25 Wavemaker
Filtragem Biológica: Areia Aragonite, 12kg de pedras.
Sal: Red Sea Coral Pro

Salinidade: 1.026
PH: 7.9 – 8.2
Cálcio: 400 – 450 ppm
Alcalinidade: 8.5 – 9.0 dKh
Magnésio: 1350 – 1400
Amônia: 0
Nitrito: 0
Nitrato: 0 – 5.0 ppm
PO4: 0.00 – 0.01 ppm

Manutenção:
O que seria desse hobby sem a manutenção?! Eu tenho que dizer, é a parte que eu menos gosto. É essencial na minha vida em manter as coisas simples, então eu não gasto meu dia inteiro fazendo a manutenção do tanque. O vidro é limpo duas vezes por semana. Eu troco as meias do filtro toda semana. Eu coloco um pouco de vinagre a cada 3-4 meses na bomba do skimmer. Eu testo os parâmetros pelo menos duas vezes por mês.

Entrevista Zia Seahorse Utopia em detalhes sump

Alimentação e Filtragem:
Eu amo ver animais felizes e gordinhos no tanque. Já que os cavalos marinho estão misturados com outros peixes pacíficos, meu jeito de alimentar é um pouco fora do tradicional. Eu começo espalhando um misto de cubos congelados pelo tanque, eu deixo todo mundo comer, menos o cavalo marinho. Então a bomba interna e reduzo o fluxo de água. Então eu alimento à mão o cavalo marinho com Mysis congelados, duas vezes por dia,  e depois os corais. Já que eu tenho uma grande concentração de corais que se alimentam por filtragem, eu dou PhytoPlex e Marine Snow misturados com um toque da minha arma secreta “Zu-Feast” uma vez por dia. Agora com um programa de alimentação tão diversificado eu tenho um ambiente rico em nutrientes. Eu combato esse excesso de nutrientes com a filtragem biológica com pedras vivas e areia, junto com um ótimo skimmer para manter a agua limpa. Eu também uso as algas macro para consumir o excesso de nutrientes. Elas possuem um tom brilhante e textura única e ajudam a balancear essa alimentação pesada. Fora as macros eu ainda coloquei um segundo sump interno cheio de Cheato (Chaetomorpha) para ajudar.

Filtragem mecânica:
TPA mensal de pelo menos 10%, o skimmer é limpo semanalmente, a penugem do filtro é trocada a cada 4-5 dias, carbono e GFO trocados a cada 2 semanas e purigem a cada 3 meses.

seahorse - Cavalo Marinho (Hippocampus erectus)

Snowflake Clownfish peixe palhaço 2 Snowflake Clownfish peixe palhaçoBlack Clown Goby (Gobiodon strangulatus)

Peixes:
• Cavalo Marinho (Hippocampus erectus),
• Peixe palhaço preto (Gobiodon strangulatus),
• Camarão Goby Yasha (Stonogobiops yasha),
• Yellowhead Jawfish (Opistognathus aurifrons),
• Peixe palhaço Picasso,
• Peixe palhaço Snowflake

gorgonians

 coral Assorted Gorgonians Coral Tyree Neon Green Leather Coral Yellow Finger Gorgonian

Corais:
• Algumas Gorgonians
• Various Designer Zoanthids and Palythoas (Zoanthus & Palythoa)
• Tyree Neon Green Leather (Sarcophyton)
• Kenya Tree (Sinularia)
• Pumping Xenia
• Clove Polyps (Pachyclavularia)
• Blue Star Polyps (Clavularia)
• St. Thomas Mushrooms (Rhodactis?)
• Black corals (Cirrhipathes)
• Florida Rics (Ricordea)
• Jawbreaker (Discosoma)
• Bullseye mushroom (Rhodactis)
• Esponjas
• Green Nephtea (Nephtea)
• Green star polyps (Clavularia)

coral Red Sponge coral Spiral Wire Coral String of Pearls Macro Algae coral

Macro Algas (inglês):
• Dragon’s Breath
• Red Branching
• Blue Ochtodes
• Red Grape
• String of Pearls
• Blue Scroll
• Red Dragon
• Caulerpa
• Cheato
• Red Gracilia
• Maidens Brush

Sea Squirt (Polycarpa aurata)Sea Squirt (Polycarpa aurata)

Invertebrados: 
• Banded Coral Shrimp (Stenopus hispidus)
• 2 Ghost Shrimp (Paleomonetes sp.)
• Sand Sifting Sea Star (Astropecten polycanthus)
• Sea Squirt (Polycarpa aurata)

História: 
Com apenas 10 anos de experiência no ramo e pelo menos meia dúzia de aquários com corais no meu histórico, eu acho que eu gosto mais da parte de montar o aquário, mais ainda do que a parte de manter e cuidar dos corais em si. É sempre uma experiência nova e excitante o tempo que você fica tentando ver qual jeito é o que ficará melhor. Eu amo ficar acompanhando sites e blogs sobre aquários, assim eu aprendo o que não deve ser feito. Eu sempre gosto de ir contra a maré e desafio eu mesmo sempre tentando um jeito não tão popular, sempre que possível. Eu já possuo um recife de LPS/SPS, então eu queria mesmo criar algo maior e melhor. Algo com mais movimento. Um ambiente que me faria sentir mais tranquilo e pacífico.

Seahorse Utopia AntesMaio de 2013

Montar um aquário de Softs não foi nada de especial, mas montar um com um cavalo marinho foi uma virada de jogo pra mim. Eu queria muito fazer justiça a beleza dessa criatura quase que mitológica, criando uma “utopia do cavalo marinho” por assim dizer. Todo aspecto estético foi levado em consideração, desde os tipo de corais até o tipo de estilo a ser usado. Usando meu conhecimento em design comercial e residencial, eu comprei corais e macro algas baseando-me nas cores e texturas, e construí estilo usando rochas com vários níveis para poder colocar tudo no lugar. Eu queria um balanço entre um ambiente propicio para o cavalo marinho e outros animais que não fossem machucar os olhos de quem olhasse. Para confirmar, tem sido bem desafiador, do jeito que eu queria, uma aventura incrível. Eu tenho que dizer, esse é de longe o maior prazer que eu já tive com aquários.

Por que cavalos marinho? 
– Eu queria um peixe único que se sobressaísse de todo o resto. Um peixe que fosse um desafio que eu nunca tivesse enfrentado antes. Então eu comecei a minha jornada em busca de um peixe fora do normal que fosse elevar meu nível de experiência para um nível totalmente novo. Esse peixe foi o Cavalo Marinho. Depois de muita pesquisa em como fazer um ambiente de qualidade e “real” para esse animal mágico, quase que mitológico. Minha jornada começou…

seahorse - Cavalo Marinho (Hippocampus erectus)

O que as pessoas “mais experientes” te falaram quando você decidiu criar um tanque com cavalos marinho?
– Depois de muita pesquisa online e muita conversa com alguns criadores, eu fui desencorajado a manter cavalos marinho em um ambiente que fosse o mais real possível, com corais. Toda a pesquisa me mostrou que para manter esses peixes seria melhor um ambiente estéreo, falso, um ambiente chato com plantas de plástico. Depois de entender o porquê dessas dicas. Os motivos principais eram que a maioria dos corais por aí poderiam ser uma ameaça aos cavalos marinho. Eu então selecionei cuidadosamente apenas corais macios que fossem conhecidos por serem 100% seguros para cavalos marinho.

Depois de toda a sua experiência, o que você diria para as pessoas que pensam em ter um tanque com cavalos marinho?
– Criar cavalos marinho é bastante recompensador. Mas eles não são fáceis de manter como alguns peixes mais comuns. Eles possuem algumas necessidades especiais. Como por exemplo, temperatura da água, quando alimentar, os tipos de comidas que podem ser dadas, etc… Então meu conselho para quem pensa em montar um tanque com esse tipo de peixe seria: Faça uma boa pesquisa! Alguns tipos de cavalos marinho são muito mais adaptados para aquários do que outros. Nunca compre os tipos selvagens porque eles são muito mais delicados do que os que já nasceram em tanques. O tamanho do tanque também tem que ser especial e também há necessidade de equipamentos específicos. Eles precisam ser alimentados várias vezes diariamente (sem exceção). Então, por favor entenda a delicadeza necessária para se criar este animal incrível antes de pensar em ter um.

O que faz um tanque de cavalos marinho ser diferente de um tanque marinho normal?
Um tanque de cavalos marinho pode ser bem parecido com um tanque normal de corais. Porém há algumas diferenças na altura que precisam ser no mínimo 20 polegadas (50cm). O fluxo d’água tem que ser menor do que outros aquários de corais. O material dentro do tanque tem que ser bem protegido para não machucar os animais no caso deles tentarem se prender a esses objetos. Os peixes que irão ser colocados juntos também devem ser bem pacíficos. Você não quer um peixe agressivo no mesmo tanque para não competir com a comida e assim não fazer com que o cavalo marinho morra de fome. Com alguma pesquisa e um bom planejamento, criar um ambiente exuberante e real como o que eu criei pode ser alcançado e aproveitado por muitos anos.

Aprendizado:
Meu atual tanque de cavalo marinho não é o meu original, é uma versão 2.0. Eu inicialmente tentei reciclar meu antigo tanque de acrílico que eu tinha por aqui, o qual acabou se tornado um grande erro. Demorou uns 6 meses para se desenvolver então começou a ter vários problemas e por ser um aquário pequeno, eu nunca pensei que iria enfrentar tantos desafios. Eu também aprendi que acrílico risca muito fácil, mesmo com uma limpeza básica. Então eu prometi a mim mesmo nunca mais ter um aquário assim. Mas a gente nunca sabe, com mudanças nascem oportunidades.

Seahorse Utopia Room

Logo depois eu comecei a procurar por um novo tanque. Eu gostei do meu aquário de 189 litros, o qual acabou ficando muito mais alto e mais propicio para cavalos marinho no final das contas. A mudança ainda me deu mais uma oportunidade de melhorar com meus erros com a montagem. O novo tanque foi montado em setembro e tudo pareceu ter sido transferido e adaptado perfeitamente. Como o novo tanque era o dobro do tamanho do antigo, eu tive que começar minha segunda parte favorita nesse hobby que é comprar corais novos! Não tem coisa no mundo que eu gosto mais! Como não tinha nenhuma loja local por perto e a loja mais conhecida ficava pelo menos 1 hora e meia de distancia, eu tinha que aprender rápido e confiar nos vendedores. A internet foi um grande recurso nessa parte!

Seahorse Utopia atualAtualmente

Atualmente:
A fauna no sistema atual tem quase um ano e colonizou o layout muito bem. Tem ficado cada vez mais difícil de ver espaços vazios nas pedras. Tudo esta amadurecendo e mostrando bom crescimento em geral. Eu acredito que por tentar meu melhor em manter um ambiente estável, com foco na filtragem. O ASM G-2 skimmer é para tanques do dobro de tamanho e é muito eficiente em manter a coluna d’água em seu melhor aspecto. Uma nova bomba de retorno, Reef Octopus DC5500 1450gph, garante  um grande fluxo de água. Eu sou um grande fã e acredito no uso de manta acrílica no filtro e eu nunca montaria um tanque sem elas, além de ajudar na limpeza, muitas vezes elas salva pequenos invertebrados e peixes que acham um jeito de entrar na tubulação. O meu novo sump não foi escolhido apenas pelo uso, mas também por ter um design moderno. Eu também gostei dele por criar uma área extra para criação de cheato e outras macro algas. Para a iluminação do sump eu uso um par de 38LED. Nos cantos do sump você verá os dois Two Little Fishies 150 reatores. Um para carbono e o outro par GFO. Eu ligo o GFO somente quando necessário e eu troco meu carbono a cada duas semanas, ou as vezes se eu notar que a água não esta do jeito que eu gostaria que estivesse.

Seahorse Utopia iluminação

Desastres e Arrependimentos:
Por ter comprados kits baratos para testar os parâmetros da água e suplementos, sais e etc… para depois ter que substitui-los por outros melhores, foi meu primeiro arrependimento. Tem um ditado pra isso, “o barato sai caro”. Ter comprado equipamentos baratos no começo foi o meu maior erro. Eu comecei com um sump de 20L DIY para salvar um dinheiro, para então descobrir que os equipamentos não caberiam nele. Então eu tive que me livrar dele enquanto meus corais estavam vivos. Eu também tive que trocar os retornos, aquecedores, bombas, e muitas outras coisas no decorrer do tempo.

Meu segundo maior arrependimento foi não ter os remédios necessários para tratar doenças logo que elas apareciam. Já que eu vivo longe da cidade, eu dependo muito de tudo ser entregue por correio. Eu infelizmente vi uma infecção muito básica e fácil de ser tratada matar dois dos meus cavalos marinho em um curto período de tempo. Se eu tivesse todos os medicamentos em mãos eu poderia ter tratado tudo com facilidade. Hoje eu mantenho todos os medicamentos em caso de emergência para que nunca mais eu veja nenhum peixe morrer.

Seahorse Utopia dicas aquario 2

Dicas para novatos:
Não canso de falar para as pessoas não comprarem equipamentos baratos. Compre sempre o melhor equipamento que você possa comprar logo no começo. É muito bobo da sua parte comprar corais caros e tentar cuidar deles com equipamentos baratos e ineficientes.

Seahorse Utopia dicas aquario

Reconhecimento & Inspiração
Minha maior inspiração e paixão nesse hobby, é o suporte incondicional e amor que eu recebo da minha filha! Quando enfrento dificuldades com o aquário ou até mesmo na vida, ela sempre é honesta e me encoraja muito. Ela está quase fazendo 11 anos, mas ela já é muito mais inteligente do que a idade mostra.

Tradução enviada por Victor Mykulak. Colaborações: André Albuquerque, Rafael Lessa e Ralf Cordeiro. Faça como o Zia e colabore conosco ou ajude a aperfeiçoar esse material. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas com o próprio autor e interagir sobre esse assunto. English version: Ziareefer

Sintam-se à vontade para corrigir, complementar e compartilhar a sua experiência conosco. Utilize o campo de comentários para tirar dúvidas e interagir sobre esse assunto. Faça parte deste time, colabore conosco!

Sobre André Albuquerque

Analista de mídias sociais e aquarista desde os 6 anos. Meu falecido irmão tinha uma carcaça da geladeira onde havia muitos peixes e plantas, tudo aquilo brilhava nos meus olhos, até hoje tenho o suporte de aquário que ele me deu. Magia é ver as plantas crescendo e todo tipo de fauna se reproduzindo dentro de uma caixa de vidro.

Veja também

Balitoridae: Bótias de Corredeira

Balitoridae: Bótias de Corredeira 4.5 (90%) 20 votos Popularmente conhecido no Brasil por mini-arraia, a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *